Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Emerson Gil em Qua 13 Fev 2008, 22:20

* Nirefall apenas observa a retirada de Maiara, sem gesto ou expressões, ouve o que Annael disse enquanto se alimentava, encostado em alguma pedra*

- Certamente , amanha de manhã teremos mais tempo pra conversar-mos, descance, talvez amanha seja um dia mais dificil q o de normal.

*Apos terminar de se alimentar ele estende saco de dormir e deita-se sobre ele, olhando para infinita escuridão do espaço que ofuscava o brilho das estrelas, adormece após alimentar lembranças de uma pessoa que lhe era muito querida, segurando o pingente que fica pendurado em seu pescoço, mas antes de se desligar deste mundo solta uma palavra sussurrada*

-Zara....
avatar
Emerson Gil
Sauron
Sauron

Masculino Número de Mensagens : 95
Idade : 31
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3672
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário http://sociedaderpg.forumotion.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Shinobi em Qua 13 Fev 2008, 23:26

*Annael deixa Nirefall se acomodar ali, percebendo que ele prefere ficar sozinho com seus pensamentos e vai pra perto de Maraia, queria pega-la ainda acordada e tinha certeza de que ela estaria, vai se aproximando devagar, terminando mais uma flecha usando ao maximo de seus olhos, entalhando na escuridão, diminui os passos até ficar quase imperceptível, pára a uma certa distância da amiga e se abaixa se apoiando sobre os tornozelos, observando ela, pensando no que Nirefall disse e como isso tinha afetado.*

- Maraia, esta acordada? Preciso conversar contigo... *Tocando o ombro dela levemente, queria sim conversar mas ao mesmo tempo se ela estivesse dormindo não queria atrapalha-la em seus sonhos, talvez la, no mundo dos sonhos, estivesse num lugar melhor com pessoas mais agradáveis e sem essa jornada suicida, talvez estivesse com a sua familia, amigos e quem sabe alguém especial pra ela...*

*Era estranho, mas enquanto a mão permanecia pousada por esses breves momentos no ombro dela, sentia um temor enorme que em seus sonhos talvez ela o ignorasse e que toda a dedicação empreitada fosse em nome de outra pessoa, estava pronto pra tirar a mão e deixa-la dormir, devia ser isso mesmo, ela precisava de ajuda para viver em paz com os seus.*
avatar
Shinobi
Gimli
Gimli

Masculino Número de Mensagens : 328
Idade : 35
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3858
Data de inscrição : 30/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Niele em Qua 13 Fev 2008, 23:45

Nirefall retira sua armadura, cada pedaço dela parecendo um enorme peso a menos depois de um longo dia de viagem... Seu corpo se alivia ao deitar-se, agradecendo pelo merecido descanso. Observando o belo céu limpo e estrelado, Nirefall perde-se em suas lembranças... Era assim toda noite, pois fora em uma noite como aquela em que ele conheceu Zara, e era apenas a noite que eles costumavam se ver, pois sua raça não gostava do sol. Sempre que se deitava e contemplava o céu, Nirefall lembrava de Zara vestida de branco entoando os cantos de Elistraee, sua deusa, dançando por entre as árvores a dança da noite... Ele aperta o pingente em seu peito, podendo sentir como se ela estivesse ali com ele... Tão perto e ao mesmo tempo tão longe, mas Nirefall tinha para si que isto não seria por muito tempo. Em meio a seus pensamentos, Nirefall adormece, podendo sonhar com a noite em que ele estaria com Zara novamente... Mas não apenas isso, pois sua mente também é atormentada por pesadelos com Lúcia...

Annael aproxima-se devagar de Maraia, deitada virada para o lado contrário de Annael. A noite silenciosa permite que ele escute sua respiração logo que ele chega perto... Ela está de costas para ele e ele toca em seu ombro chamando a meia-elfa baixinho. Nos primeiros segundos ela permanece quieta, sem responder, mas quando Annael pensa em retirar sua mão, ela se vira ficando virada para cima, olhando para ele.

- Tudo bem... Pode falar... Aconteceu alguma coisa?

Ela se senta, esperando Annael falar. Na verdade, ela até parecia muito bem acordada...

_________________
"Este caminho... Ninguém o percorre, Salvo o crepúsculo.
De que árvore florida chega? Não sei.
Mas é seu perfume..."


avatar
Niele
Lich King
Lich King

Feminino Número de Mensagens : 644
Idade : 27
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3979
Data de inscrição : 28/11/2007

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/fabiane_3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Shinobi em Qui 14 Fev 2008, 00:03

- Bem tenho...quer dizer não é nada importante, nada que seja pra ser discutido agora, você me entende não?!

*Annael não desfarça o nervosismo e a surpresa de ver Maraia acordada, teria sido bem melhor que ela estivesse mesmo dormido, ele não sabia bem o que dizer nem por onde começar mas acaba falando...*

- É que eu gosto de você...quero dizer do jeito, de como é extrovertida , de como não importando o problema sempre que olho pra ti esta sorrindo, seja nas dificuldades ou nas horas de calmaria, quero dizer que tua companhia e preocupação me são muito importantes, e a algum tempo, você também se tornou muito importante pra mim... e pra todos do grupo também, quer dizer, você é importante e vital pra que tudo fique bem comigo...e com o resto do pessoal também... * A cada vez que ele mais se explicava, pior ficava pra ele remendar a situação, e se sentia um idiota, falava e falava, mas nada fazia sentido, nem pra ele, afinal não era aquilo que realmente tinha em mente, mas não sabia se realmente devia expor como se sentia.*

- O que quero falar, ou melhor, o que quero que saiba é que não quero que deixe de ser como tu és, ignore críticas ou comentarios como aquele de Nirefall, não gostaria de saber que voltou pra casa, pra familia ou...sei la eu quem, e que você tenha perdido esse brilho que carrega, porque em muitas vezes nas manhas mais sombrias foi ele que me indicou o melhor caminho...

* E mais uma vez estava de cabeça baixa, não sabia mais como encarar a amiga depois de tudo isso, continuava ali olhando pro chão, no escuro como se procurasse algo, mas ja tinha achado e era em sua frente que estava.*
avatar
Shinobi
Gimli
Gimli

Masculino Número de Mensagens : 328
Idade : 35
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3858
Data de inscrição : 30/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Niele em Qui 14 Fev 2008, 00:17

Maraia olhava para Annael enquanto este falava, no começo não entendendo muito bem o que ele queria dizer... Parecia que nem ele estava entendendo muito bem, mas quando ele termina de falar ela sorri.

- Ah... Não se preocupe... Sabe Nirefall só disse a verdade, eu saí gritando mesmo, não foi a intenção dele me ofender, eu acho... *Suspira* - Bem, fiquei meio chateada mas não pelo que ele disse, mas por perceber que por mais que eu me esforce não consigo mudar... Fico feliz em saber que pelo menos alguém simpatiza com esse meu jeito, talvez você seja o único... *Cabisbaixa.* - A questão é que já não é a primeira vez que eu dou uma mancada dessas, já decepcionei companheiros por causa disso... *Seu tom de voz baixinho começa a aumentar* - Não adianta sabe, é incontrolavel, quando vejo já estou berrando e...

*Para de falar, percebendo que naquele ritmo ia acabar acordando o humano. Suspira novamente e volta a falar baixinho.*

- Mas que bom que ao menos assim posso te fazer sorrir um pouco, se animar mais... E também ficar assim todo sem jeito. *Sorri com ternura.*

_________________
"Este caminho... Ninguém o percorre, Salvo o crepúsculo.
De que árvore florida chega? Não sei.
Mas é seu perfume..."


avatar
Niele
Lich King
Lich King

Feminino Número de Mensagens : 644
Idade : 27
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3979
Data de inscrição : 28/11/2007

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/fabiane_3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Shinobi em Qui 14 Fev 2008, 00:32

* Quando percebe ela cabisbaixa, Annael segura uma de suas mãos e coloca entre as dele apertando e deixando que ela continuasse falando, prestava atenção a cada gesto, e quando ela foi se empolgando não fez menção pra faze-la parar, olhava suas formas do rosto e a boca que nunca parava quieta em nem um instante, se aproxima até ficar ao lado dela, quando ela termina de falar ele imediatamente ve que Maraia o olha e desvia o olhar dos olhos dela. *

* Sentia a ternura em suas palavras, e que a forma atabalhoada e atrapalhada de começar a conversa talvez tivesse até passado parte da idéia principal. E tudo dito por ela tinha entrado perfeitamente em seus ouvidos, cada palavra dita, mas a unica coisa que ele consegue falar... *

- Quer dizer que você não tem ninguem? É desimpedida, não tem um meio elfo que goste de você ou que tua familia queira como parte dela?

* Agora, Annael que parecia afobado cheio, de perguntas, seus olhos até tinham um brilho diferente depois disso...*

- Quer dizer que não vou perder você quando tudo isso terminar, que poderemos ficar juntos?????... * E olha para ela, desejava que essa última frase tivera sido um pensamento que ele vislumbrado, nessa hora ainda deslumbrado pela possibilidade tivesse pensado e não emitido a voz...*
avatar
Shinobi
Gimli
Gimli

Masculino Número de Mensagens : 328
Idade : 35
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3858
Data de inscrição : 30/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Niele em Qui 14 Fev 2008, 01:06

Maraia costumava se surpreender com as reações de Annael perante as coisas, normalmente ele costumava ser imprevisivel, mas desta vez ela quase cai para trás. Ela arregala os olhos parecendo não acreditar e ao mesmo tempo não entender todas aquelas perguntas.

- Ããã... Você está dizendo isso mesmo? Annael é você mesmo que está aí?? *Ajoelha-se ficando de frente para ele olhando bem em seu rosto, parecendo procurar algo, até passa pela sua cabeça que algum feitiço havia tomado conta do elfo.*

- É claro que não tem nenhum meio-elfo! Quer dizer... Eu sou sozinha sim minha família vive em Cormyr, não os vejo a anos e nem sei se querem me ver...

Quer dizer que não vou perder você quando tudo isso terminar, que poderemos ficar juntos?????...

Maraia paralisa quando ouve tais palavras... Jamais esperaria aquilo de Annael. Ela fica parada durante alguns segundos apenas olhando sem acreditar, ainda com as mãos de Annael segurando as suas.

- A... A... Annael... Eu... Quer dizer... Nós... Er...... - Ela engasga, tentando dizer algo. Logo, como que tirando forças sabe-se lá de onde, suas palavras saem livremente e tão rápido que fica até difícil acompanhar.

- Olha só, eu estou com você desde que tudo isso começou e você foi a única pessoa que não me mandou calar a boca enquanto eu falava! Quando ofereci minha ajuda você aceitou e depois disso eu comecei a me sentir útil de verdade! Mais tarde então eu comecei a acreditar que finalmente tinha um amigo e alguém que confiava em mim, isso me fez muito feliz mesmo fazendo parte de uma missão tão desgraçada como essa. Foi quando de repente tivemos que nos separar e eu fui ajudar aquele gnomo esquisito... Quando voltei você havia sumido, Annael você havia sumido!!! *Segura Annael pelos ombros.* - Foi naquele dia que eu percebi o quanto você era importante e que eu jamais deveria fazer você perder a confiança em mim... Todos estavam ocupados e decidi ir sozinha te procurar. Não importava onde você estivesse, eu tinha que achar você! Tive sorte de encontrar Eloá, ela foi uma grande ajuda, e eu acho que isso foi obra divina desse seu deus aí que você reza por que ela também rezava para ele, não sei! Só sei que quando te achei eu fiquei muito feliz e queria pular em você, queria gritar o quanto estava alegre dentro daquela cidadela maldita! Annael, se depender de mim, eu nunca vou desgrudar de você! Não sei o que você quis dizer com "poderemos ficar juntos" mas não importa o sentido, o que importa é que por mim estarei sempre do teu lado, entendeu???

Sim, Maraia já não falava mais baixo... Se o humano não estivesse tão cansado, certamente ele acordaria. E ali estavam os dois parecendo cuspir para fora palavras que guardavam havia tempos...

_________________
"Este caminho... Ninguém o percorre, Salvo o crepúsculo.
De que árvore florida chega? Não sei.
Mas é seu perfume..."


avatar
Niele
Lich King
Lich King

Feminino Número de Mensagens : 644
Idade : 27
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3979
Data de inscrição : 28/11/2007

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/fabiane_3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Shinobi em Qui 14 Fev 2008, 01:59

* Pasmado dessa vez esta Annael depois de tudo isso, ela realmente não tinha ninguem, e seu carinho por ele era tão grande quanto ao dele por ela. *

- Jamais diria para que se calasse, sempre foi a tua voz que eu buscava ouvir a cada dia novo em que acordavamos, a minha referencia daquilo que podia ser possivel de se fazer ou não sempre foi você, quero que você fale e continue falando Maraia, é isso que tem me feito continuar no rumo certo e não ter pensado em desistir.

* O Elfo parecia perder todo o medo conforme se confessava, segura a companheira pela cintura assim que ela o sacode pelos ombros, não tinha mais duvidas, sabia o que queria e não perderia mais tempo sem demonstrar. Foi se aproximando aos poucos da boca de Maraia e segundos antes de toca-la os labios com os dele ainda fala... *

- Essa, será o tipo de ocasião em que vou querer que você se cale, apenas esse tipo de coisa me fará não querer ouvir você, me fará desejar o teu silêncio...

* Beija ela carinhosamente, fazendo suas palavras se perderem no frio da noite, um beijo tão intenso quanto o sonho de liberdade e os desejos mais ardentes que o mundo possa encontrar paz, e foi ali na fronteira entre o bem e o mal que Annael entregava seu coração para aquela que seria a escolha mais incerta, porém a mais justa e leal, a mais verdadeira, espontânea e sincera que ele jamais tivera...*
avatar
Shinobi
Gimli
Gimli

Masculino Número de Mensagens : 328
Idade : 35
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3858
Data de inscrição : 30/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Niele em Qui 14 Fev 2008, 02:37

Em meio a fugas, batalhas e tensão constante, eis que surge um breve momento de paz, silêncio e alegria.
Como ver uma pequena árvore nascer no meio de um terreno árido e infértil, uma fagulha de esperança para os dias negros que se aproximam, e por quê não dizer uma dose de coragem.

Um sentimento intenso e verdadeiro é o que mais dá força para continuar uma jornada... Seja ele o amor e a compaixão, para alguns... Ou o ódio e o rancor, para outros...

Os dois ficam abraçados e acordados durante um longo tempo, sem dizer mais nenhuma palavra, até que adormecem, e meio a uma das últimas noites tranquilas das próximas que viriam...

_________________
"Este caminho... Ninguém o percorre, Salvo o crepúsculo.
De que árvore florida chega? Não sei.
Mas é seu perfume..."


avatar
Niele
Lich King
Lich King

Feminino Número de Mensagens : 644
Idade : 27
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3979
Data de inscrição : 28/11/2007

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/fabiane_3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Niele em Qui 14 Fev 2008, 20:26

O sol nasce e o dia se inicia devagar, frio e nublado...
Nirefall acorda antes, ofegante após um belo sonho se transformar em um terrível pesadelo...
Annael também está acordando, mas Maraia como sempre dorme como uma pedra.

Os dois podem sentir que o dia está estranho, o silêncio toma conta do lugar e as nuvens parecem ter engolido o céu rápido demais...

_________________
"Este caminho... Ninguém o percorre, Salvo o crepúsculo.
De que árvore florida chega? Não sei.
Mas é seu perfume..."


avatar
Niele
Lich King
Lich King

Feminino Número de Mensagens : 644
Idade : 27
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3979
Data de inscrição : 28/11/2007

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/fabiane_3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Emerson Gil em Qui 14 Fev 2008, 23:19

*Ao acordar senta-se rapidamente como num reflexo, certamente não foi uma das melhores noites de sono que ele teve, começa a respirar mais devagar apoiando-se em si mesmo com os cotuvelos apoiados sobre os joelhos e com sua cabeça baixa*

*sussura*

-Maldita... até mesmo em meus sonhos você tira aquilo que eu amo, eu juro te matar com minha própias mãos..... eu juro...

*Olha para o céu por alguns instantes, depois busca achar aonde estão Maraia e Annael, então se levanta e começa a colocar a sua armadura negra, enquanto isso dirige sua atenção a Annael*

- Ja esta acordado?
avatar
Emerson Gil
Sauron
Sauron

Masculino Número de Mensagens : 95
Idade : 31
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3672
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário http://sociedaderpg.forumotion.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Shinobi em Dom 17 Fev 2008, 08:55

* Annael ja olhava o céu a algum tempo e aquele céu e não gostava nada do que via, estava preocupado, as coisas não pareciam que seriam mais faceis nessa manha...*

- Sim, estou acordado sim, o céu hoje parece revolto, nossa jornada se torna pior a cada dia pelo visto. Pra sorte estamos perto de nosso porto, mas ainda temos de cruzar até o outro lado.

* Se vira para Maraia e delicadamente a chama pelo nome alisando seus cabelos. *

- Acorde, esta na hora de levantar o dia hoje resolveu acordar de mau humor e precisamos de mais sorte do que ja temos tido, anda logo preguiçosa vamos, temos muito caminho pela frente ainda...

- E então Nirefall, sonhos ruins? Com o tempo tendo virado dessa forma impossivel os sonhos não virarem pesadelos não é, espero que ja esteja mais reestabelecido...

* Annael levantava e começava a aprontar as coisas prar a partida.*
avatar
Shinobi
Gimli
Gimli

Masculino Número de Mensagens : 328
Idade : 35
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3858
Data de inscrição : 30/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Emerson Gil em Seg 18 Fev 2008, 02:01

* enquanto continua a colocar sua armadura *

-Não se preocupe comigo meu caro, estou bem e pronto para lutar se necessário, mas somente estarei melhor depois de realizar .... * para de falar*

-Vamos que esse tempo so piora nossa situação!
avatar
Emerson Gil
Sauron
Sauron

Masculino Número de Mensagens : 95
Idade : 31
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3672
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário http://sociedaderpg.forumotion.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Shinobi em Ter 19 Fev 2008, 10:52

* Annael finge não dar muita atenção ao comentário interrompido e continua a aprontar suas coisas e levantando acampamento, assobia chamando sua égua Haleth e apertando a sela e se aprontando para montar. *

- A Marcha hoje não será facil, vamos poupar os animais, caso venha a tempestade vamos precisar deles como proteção, partimos mais cedo hoje do que esperava mas se faz necessário, estejam todos alerta, um tempo assim propicia ataques e como estamos na fronteira caso saindo do território inimigo é bom abrir os olhos e muito bem...E, mais tarde senhor Nirefall vamos conversar sobre o que tens ainda a realizar, por enquanto deixaremos isso quieto, sobreviver é fundamental para que alcansemos nossos objetivos...

* Deixava o arco colocado num suporte ao lado da sela, assim se houvesse necessidade poderia usá-lo sem problemas, após deixar tudo aprontado vira-se novamente para o homem com sua armadura negra. *

- E então, qual sua especialidade meu amigo e o que faz de melhor nessa vida aventuras suicidas...
avatar
Shinobi
Gimli
Gimli

Masculino Número de Mensagens : 328
Idade : 35
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3858
Data de inscrição : 30/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Niele em Ter 19 Fev 2008, 19:38

Todos acordam, Maraia ainda sonolenta vai até o rio lavar o rosto e depois ajuda a preparar as coisas.

Quando tudo já está pronto, todos começam sua jornada e em meio a conversa sentem uma brisa gelada lhes arrepiar a nuca... Um cheiro diferente invade o local, mas muito brevemente... Cheiro de medo, de morte.

Annael sabe que a única ponte utilizável no momento dá direto para a floresta de cormanthor... Pois a ponte mais adiante fora destruída já a algum tempo. O único caminho seria contornar o rio até chegar nas montanhas, e assim escalá-la.

_________________
"Este caminho... Ninguém o percorre, Salvo o crepúsculo.
De que árvore florida chega? Não sei.
Mas é seu perfume..."


avatar
Niele
Lich King
Lich King

Feminino Número de Mensagens : 644
Idade : 27
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3979
Data de inscrição : 28/11/2007

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/fabiane_3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Emerson Gil em Ter 19 Fev 2008, 23:03

*responde apos a pergunta de Annael*

-Sou Clerigo e vcs?

* Durante o caminho quando ele sente o cheiro de medo e morte, ele somente reflete*

"Este cheiro... nunca traz coisas boas, este cheiro que meus inimigos sentiam quando eu me aproximava.... agora é minha vez...
avatar
Emerson Gil
Sauron
Sauron

Masculino Número de Mensagens : 95
Idade : 31
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3672
Data de inscrição : 22/11/2007

Ver perfil do usuário http://sociedaderpg.forumotion.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Shinobi em Qui 21 Fev 2008, 00:37

Quando tudo já está pronto, todos começam sua jornada e em meio a
conversa sentem uma brisa gelada lhes arrepiar a nuca... Um cheiro
diferente invade o local, mas muito brevemente... Cheiro de medo, de
morte.

* Annael que cavalgava em silêncio e devagar parecia estar sentindo seus medos serem jogados diretamente sobre ele mesmo, sentia o frio da brisa como se fosse o frio de sua alma amedrontada, ignorára a pergunta de Nirefall, parecia tão concentrado olhando para dentro de si mesmo que nada além do seu próprio medo parecia ter algum significado importante, por breves instantes ele fecha os olhos e a cavalgada parecia acontecer num mundo diferente daquele que estivera, ele podia sentir que a brisa gélida tinha tocado mais fundo do que realmente aparentava, ele abre seus olhos lentamente e olha em volta...Maraia...Nirefall...os animais...Olha para o céu cinza e eleva até ele o simbolo de seu deus...*

- Que os ventos da dúvida possam levados embora pelo simples mencionar de seu nome, e que nenhum medo seja maior que sua presença, que o defensor e guardião das florestas possa virar sua atenção para nós em um dia nebuloso e guie nosso caminho como a luz do dia que rompe após a noite sem luar, como teu seguidor eu rogo a ti Silvanus, que seja nosso guia nesse dia repleto de medo...

* Annael permanece em silêncio após bradar essas palavras para que todo o grupo pudesse ouvir, não sabia se surtiria algum efeito ou se ele alcansaria e tocaria os corações temerosos do grupo, mas se sentia bem podendo contar com seu deus numa hora de dúvida e medo. *
avatar
Shinobi
Gimli
Gimli

Masculino Número de Mensagens : 328
Idade : 35
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3858
Data de inscrição : 30/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Niele em Qui 21 Fev 2008, 01:17

A viagem se inicia perante o silêncio do dia, onde o grupo apenas pode escutar suas próprias vozes e o trotar dos cavalos...

O clima desagradável continua fazendo com que todos reflitam... Cada um de sua forma diferente... Para Nirefall aquilo não era de todo estranho, uma vez que a morte acompanha a sua vida desde muito tempo, e naquelas terras de terror isso costumava ser frequente. Já para Annael, aquela sensação o atordoava e ele nem mesmo entendia direito o porque, mas sabia que algo muito errado tomava conta daquele lugar, e este algo estava bem próximo.

Todos sentem um notável desconforto até mesmo em trocar palavras e a pergunta de Nirefall é respondida somente minutos mais tarde, quando Annael se mostra como um verdadeiro guardião das florestas guiado por Sylvanus, aquele que Nirefall conhece como o deus das florestas e da natureza. Um deus... Algo que Nirefall já havia abandonado a algum tempo, para ele já não importava mais ser um seguidor, entender a arte divina já bastava.

Dava para notar que a situação afetara Annael de forma mais intensa... E logo se descobre por que... Viajando pela estrada pouco utilizada da orla do rio, após uma hora de cavalgada leve os aventureiros começam a se aproximar da ponte destruída que cruza o rio. Nada de anormal até o momento, pois já fazia algum tempo que a ponte estava daquela forma sem ninguém saber o porquê... O que intrigou a todos, foi que a antiga vegetação do local já não estava mais ali... Ao redor daquela área, tudo estava morto... As árvores estavam secas e retorcidas, o chão já não tinha mais grama e apresentava-se com uma aparência totalmente infértil. O ar estava pesado e uma leve neblina começa a se condensar a medida que os aventureiros caminham pela estrada. Os cavalos naquele momento demonstram uma certa insegurança, o que os faz andar mais devagar que o normal. Agora Annael entende o porquê sentira um aperto tão grande no peito, talvez tenha sido um apelo do próprio Sylvanus dentro de seu seguidor, o que o fez brandir suas palavras.

Para Nirefall, tudo aquilo lhe era familiar... O cheiro, o ar pesado... Aquilo o acompanhou durante um booom tempo.

_________________
"Este caminho... Ninguém o percorre, Salvo o crepúsculo.
De que árvore florida chega? Não sei.
Mas é seu perfume..."


avatar
Niele
Lich King
Lich King

Feminino Número de Mensagens : 644
Idade : 27
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3979
Data de inscrição : 28/11/2007

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/fabiane_3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Shinobi em Dom 24 Fev 2008, 00:49

* Annael achou muito curioso o fato da vegetação estar daquela maneira, associado com aquela brisa que sentiram antes, parecia que a propria natureza tentava fugir de algum mal que estava ali, se retorcendo e na pior das perspectivas morrendo, ele desce do cavalo e vai caminhando cautelosamente puxando Haleth, se abaixa e decide usar um de seus conhecimentos de Ranger para tentar determinar o que poderia ter acontecido para as plantas estarem daquela forma, retorcidas e deformadas...*

:::CONHECIMENTO NATUREZA:::
avatar
Shinobi
Gimli
Gimli

Masculino Número de Mensagens : 328
Idade : 35
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3858
Data de inscrição : 30/11/2007

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Mar da Lua - Cidadela do Corvo

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum