País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Página 20 de 21 Anterior  1 ... 11 ... 19, 20, 21  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Niele em Seg 14 Jun 2010, 23:10

[Mansão Hakufu]

Kaito mal teve tempo para perceber o que estava acontecendo quando seus braços foram agarrados e presos atrás de sua cabeça, impedindo que ele pudesse movê-los. Narume arremessa suas agulhas e, sendo pego de surpresa, Iodachi é acertado no braço, caindo paralisado no chão.

- Muito bem, Narume! Paralise Kaito, antes que ele termine de destruir sua casa. - Yume fala enquanto mantém Kaito naquela posição. - E eu aconselho você a não se mexer, já causaram problemas suficientes por hoje.

Apesar de alterar pouco suas feições e seu tom de voz, dava para perceber o quão zangada estava a sensei.
Kain olhava para a cena com um misto de dor no coração e de diversão, se é que isto era possível. Garotos eram garotos, brigas aconteciam e isso fazia-o lembrar dos seus tempos como chunnin. Mas aquela luta já havia passado dos limites a tempos...

_________________
"Este caminho... Ninguém o percorre, Salvo o crepúsculo.
De que árvore florida chega? Não sei.
Mas é seu perfume..."


avatar
Niele
Lich King
Lich King

Feminino Número de Mensagens : 644
Idade : 27
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3981
Data de inscrição : 28/11/2007

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/fabiane_3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  brunolele em Ter 15 Jun 2010, 17:06

[Mansão Hakufu]

Kaito se preparava para dominar seu oponente com seu genjutsu mais poderoso, porém realmente fora supreendido pela insurgência de Yume.

"Mas que?" Pensa Kaito surpreso, enquanto é imobilizado.

"É inútil eu tentar sair deste apresamento, Yume-sensei é 10 vezes melhor em Taijutsu que eu, a única alternativa seria o genjutsu, mas ela está com o Byakugan ativado... ...também seria neutralizado, só me resta..."

Kaito larga a sua kunai, evidentemente incapacitado frente a habilidade superior de Yume.

- Ok.. ...eu me rendo...
avatar
brunolele
Sauron
Sauron

Masculino Número de Mensagens : 886
Idade : 31
Localização : Porto Alegre
Reputação : 2
Pontos de Usuário : 4213
Data de inscrição : 24/11/2007

Ver perfil do usuário http://brunoaugusto.multiply.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Fabricix em Qua 16 Jun 2010, 01:15

[Mansao Hakufu]

Vendo que a tecnica funcionava em Iodachi, Narume se voltava para Kaito e respira um pouco mais aliviada ao ver que Yume tinha imobilizado o seu colega enfurecido, embora ainda tenha pego outras agulhas e as mantido na mao por preucacao. Ouve a rendicao de Kaito e olha para Yume.

- Yume sensei, acredito que nao seja necessario usar minha tecnica nele certo?

Agora se dirigia aos garotos, numa mistura de raiva e tristeza. A coisa era grave, pois era dificil ver a simpatica narume deste jeito.

- Kaito kun... Olha o que me obrigaram a fazer! Tive que agredir um colega de time por que nenhum de voces iam parar ate destruir tudo a sua volta e depois a si mesmos! Isso e fazer parte de uma equipe? Nao foi assim que me disseram que agiam os times de Konoha! Agora quem nao quer fazer parte disso sou eu! Enquanto nao aprenderem a se respeitar e a respeitar os outros, prefiro trabalhar sozinha! Sintam-se felizes... Os dois. por causa de seus orgulhos idiotas, colocaram tudo a perder!

Narume joga as agulhas no chao e se vira de costas para a cena. Comeca a caminhar na direcao da mansao com a intencao de chegar em seu quarto o mais rapido possivel. Sentia-se mal por dizer tudo aquilo, nunca tinha se sentido tao frustrada com alguma coisa. Nao choraria ali, na frente de todos. Faria isso em seu quarto, sozinha, sem aquela plateia em volta... E com o estoque secreto de seu chocolate favorito para acalmar-se.
avatar
Fabricix
Légolas
Légolas

Masculino Número de Mensagens : 465
Reputação : 10
Pontos de Usuário : 3918
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Niele em Qua 16 Jun 2010, 04:11

[Mansão Hakufu]

- Ok.. ...eu me rendo...

- Estou de olho.

Yume solta Kaito, evidentemente sem desprender qualquer atenção do garoto, não desativando o byakugan.

- Kaito kun... Olha o que me obrigaram a fazer! Tive que agredir um colega de time por que nenhum de voces iam parar ate destruir tudo a sua volta e depois a si mesmos! Isso e fazer parte de uma equipe? Nao foi assim que me disseram que agiam os times de Konoha! Agora quem nao quer fazer parte disso sou eu! Enquanto nao aprenderem a se respeitar e a respeitar os outros, prefiro trabalhar sozinha! Sintam-se felizes... Os dois. por causa de seus orgulhos idiotas, colocaram tudo a perder!

Narume joga as agulhas no chao e se vira de costas para a cena. Comeca a caminhar na direcao da mansao com a intencao de chegar em seu quarto o mais rapido possivel. Sentia-se mal por dizer tudo aquilo, nunca tinha se sentido tao frustrada com alguma coisa. Nao choraria ali, na frente de todos. Faria isso em seu quarto, sozinha, sem aquela plateia em volta... E com o estoque secreto de seu chocolate favorito para acalmar-se.

- Narume, sei que está decepcionada, mas virar as costas para o time agora não irá solucionar o problema. Você foi designada por Tsunade-sama a fazer parte desta equipe e não poderá sair ao primeiro sinal de dificuldade, deverá ser forte e ajudar seus companheiros a ultrapassar estes obstáculos. Esta é a união de um verdadeiro Time.

Ao pronunciar as palavras união e time, Yume olha com pesar para Kaito e Iodachi, o segundo ainda inerte no chão. Dá um longo suspiro, procurando manter-se calma. Em seu clã, uma atitude como aquela renderia uma bela punição. Mas não estava entre Hyuugas e não queria amargurar ainda mais o coração daqueles garotos.

Yume dirige-se até o ancião do clã Hakufu, que até então observava a cena sem nada falar. Yume faz uma pequena reverência ao avô de Narume, em cumprimento e também em sinal de respeito.

- Obrigada pelo aviso rápido, Hakufu-sama. Peço desculpas pelo transtorno. Iremos cobrir as despesas para concertar os estragos.

O Ancião Hakufu dá um sorriso gentil, parecendo achar graça.

- Não se preocupem com isso. Terão um longo trabalho pela frente, pelo que vejo, e bem mais árduo do que pagar por um concerto. - O velho fala, analisando o problema que o time passava.

- Agradeço, Hakufu-sama. Mas é algo necessário, todos devem sentir as consequências daquilo que fazem, sejam as boas ou as ruins. Iremos todos do time dividir nosso dinheiro e pagar. Nós quebramos, nós arrumamos.

O ancião dá mais um sorriso, demonstrando entender o que Yume queria dizer. Percebeu que ela se incluía no "nós" e que aquilo seria a primeira tarefa de união.

- Então, está certo, mandarei o orçamento.

Yume despede-se do ancião Hakufu e começa a sair, Kain logo a acompanha. Iodachi recobrava a consciência, ainda confuso e tentando entender o que acontecia. Yume o ajuda a levantar.

- Quero que me acompanhem os três, agora. Este é um assunto muito sério e precisamos conversar. Sei que passaram por situações difíceis, mas os problemas ainda estão lá fora e, se os ninjas de Konoha não se mantiverem unidos, eles só irão aumentar.

Logo Yume desfaz o carranco e dá um leve sorriso.

- Então, vamos? Narume terá que dar um trato em vocês antes, hein? Ah sim, este é Kain, foi meu antigo colega de time, assim como vocês. - Yume tentava aliviar a tensão naquele momento. - Estes são Uchiha Kaito e Hatake Iodachi, e aquela é Hakufu Narume, entrou para o time recentemente como eu. Kain, pode me encontrar em duas horas no Centro de Inteligência?

- Estarei ao seu completo dispor, Yume-chan! - Dito isto e antes que pudesse ser fuzilado pelo olhar de Yume, Kain simplesmente desaparece, deixando uma fumaça colorida em seu lugar.

Narume, que estava mais atrás perto de seu avô, percebe que ele coloca a mão em seu ombro.

- Vá com eles, Narume-chan. Eles precisam de você. - O velho sorri tentando animar a neta. - Mesmo os mais leais amigos brigam, e brigam por se preocuparem um com o outro. Não deixe que isso a abale. - Ele tira do bolso uma grande barra de chocolate. - Estava guardando para te dar depois, mas acho que agora é uma boa oportunidade, hehe! Da melhor casa de chocolates do País.

_________________
"Este caminho... Ninguém o percorre, Salvo o crepúsculo.
De que árvore florida chega? Não sei.
Mas é seu perfume..."


avatar
Niele
Lich King
Lich King

Feminino Número de Mensagens : 644
Idade : 27
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3981
Data de inscrição : 28/11/2007

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/fabiane_3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  brunolele em Qua 16 Jun 2010, 05:34

[Mansão Hakufu]

Yume escreveu:- Quero que me acompanhem os três, agora. Este é um assunto muito sério e precisamos conversar. Sei que passaram por situações difíceis, mas os problemas ainda estão lá fora e, se os ninjas de Konoha não se mantiverem unidos, eles só irão aumentar.

Logo Yume desfaz o carranco e dá um leve sorriso.

Kaito silencia, fica observando o desenrrolar da história, aínda tinha uma missão pessoal muito importante para desenvolver e precisava conversar sobre ela com a líder de seu time.

- Hai, Yume-sensei. Fala o ninja, aguardando para saber o que deve enfim fazer, enquanto analiza seus ferimentos.
avatar
brunolele
Sauron
Sauron

Masculino Número de Mensagens : 886
Idade : 31
Localização : Porto Alegre
Reputação : 2
Pontos de Usuário : 4213
Data de inscrição : 24/11/2007

Ver perfil do usuário http://brunoaugusto.multiply.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Fabricix em Qua 16 Jun 2010, 13:16

[Mansao Hakufu]

- Narume, sei que está decepcionada, mas virar as costas para o time agora não irá solucionar o problema. Você foi designada por Tsunade-sama a fazer parte desta equipe e não poderá sair ao primeiro sinal de dificuldade, deverá ser forte e ajudar seus companheiros a ultrapassar estes obstáculos. Esta é a união de um verdadeiro Time.

Narume para de andar, ficando ao lado de seu avo. Ela ainda nao se voltara para Yume e os rapazes. Algumas lagrimas escapavam de seus olhos... E ela os seca rapidamente. Ouve Yume e seu avo conversarem, mas nao se mexe ainda... Pensava no que a sensei disse...

"Finalmente... Alguem pensando no time... Eu precisava ouvir isso."

- Quero que me acompanhem os três, agora. Este é um assunto muito sério e precisamos conversar. Sei que passaram por situações difíceis, mas os problemas ainda estão lá fora e, se os ninjas de Konoha não se mantiverem unidos, eles só irão aumentar.

Narume suspira e finalmente se volta, vendo Iodachi se levantar e Kaito se rendendo aos fatos... Pareciam bem machucados. Ainda pensava se devia ir ate eles quando seu avo falou com ela...

- Vá com eles, Narume-chan. Eles precisam de você. - O velho sorri tentando animar a neta. - Mesmo os mais leais amigos brigam, e brigam por se preocuparem um com o outro. Não deixe que isso a abale. - Ele tira do bolso uma grande barra de chocolate. - Estava guardando para te dar depois, mas acho que agora é uma boa oportunidade, hehe! Da melhor casa de chocolates do País.

"Ah... Vovo... Obrigada."

Narume sorria discretamente e logo olhava para o seu avo e em seguida para o chocolate...

- Vovo... Assim e covardia... O melhor chocolate do pais? Veremos...

Ela pega o chocolate e nao parde tempo... Pega um pedaco e degusta com vagar... Delicioso! Era impressionante como o chocolate parecia fazer as coisas parecer melhores.

- Vovo... Eu nao... Nao queria dizer tudo aquilo. Estava mal ao ver tudo e me senti ainda pior depois de gritar daquele jeito. E dificil ter um grupo, mas Yume sensei tem razao. Nao posso fugir disso. Vou cumprir o que eu disse Vovo... farei o meu melhor. Estou indo.

Narume se dirige aos rapazes, indo primeiro ate Iodachi e pegando seu braco delicadamente para tirar as agulhas e comecar um jutsu de cura.

- Oi Iodachi kun... Desculpe por isso, mas voces precisavam parar de lutar. Eu vou dar um jeito em seus ferimentos e depois... Kaito kun, espere um pouco que ja vou atende-lo. Yume sensei, So preciso de um tempinho para deixa-los em melhor estado e estarei pronta para seguir suas novas ordens.

Narume ainda sorria levemente enquanto ultilizava o jutsu mais adequado para curar os dois companheiros de time, sempre que terminava com um, pegava a barra de chocolate, partia outro pedaco para si e oferecia para o colega...

- Chocolate? Eu recomendo... E uma otima fonte de energia... E esse aqui e melhor ainda, prova para ver!

O sorriso radiante voltava... Agora sim, Hakufu narume estava de volta.
avatar
Fabricix
Légolas
Légolas

Masculino Número de Mensagens : 465
Reputação : 10
Pontos de Usuário : 3918
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Niele em Qua 16 Jun 2010, 13:52

[Mansão Hakufu]

Yume fica satisfeita em ver que as coisas estavam resolvidas, ao menos parcialmente. Narume parecia mais feliz, Kaito e Iodachi não estavam degladiando-se mais. Apesar da visível cara de desgosto de Iodachi, que cruzava os braços e ficava calado.

Iodachi sempre fora muito retraído, já havia brigado com Kaito algumas vezes, mas apenas discussões, nunca haviam partido para aquele ponto. Estava confuso entre a raiva e o arrependimento. Tantos anos juntos, e Kaito sempre fora daquele jeito. Iodachi sempre sentia raiva de quando Kaito agia daquela forma, parecendo sempre preocupar-se apenas consigo mesmo. E com todos os boatos sobre o tal Uchiha Sasuke, Iodachi tinha medo de perder o amigo também... De certa forma, Kaito lembrava o que falavam de Sasuke.

Kaito, por sua vez, lembrava-se do momento em que chegava na Mansão do clã Hakufu, quando assistia a briga entre Narume e seu irmão. Ele havia pensado que não imaginava mais como poderia ser uma briga entre irmãos, mas por tanto tempo que esteve ao lado de Iodachi, talvez aquela luta seja o mais próximo disso que ele consegue imaginar.

- Oi Iodachi kun... Desculpe por isso, mas voces precisavam parar de lutar. Eu vou dar um jeito em seus ferimentos e depois... Kaito kun, espere um pouco que ja vou atende-lo. Yume sensei, So preciso de um tempinho para deixa-los em melhor estado e estarei pronta para seguir suas novas ordens.

- Hai, hai. - Yume diz, ainda sorrindo, aguardando com os braços cruzados.

Narume leva algum tempo para tratar dos ferimentos de ambos. Havia sido uma batalha feia. Logo ambos parecem bem novamente. Iodachi fica vermelho quando Narume lhe oferece um chocolate e gagueja um "arigato".

- Muito bem, vamos então. Podemos ir até meu apartamento e eu peço para Hiranomi-baa-sama preparar algo para comermos. Lá nós poderemos conversar sem interrupções. - Yume fala, começando a caminhar. Iodachi vai logo atrás, ainda calado. Ele pega um livrinho do bolso e começa a ler enquanto caminha.

Todos estão indo para o apartamento de Yume.

_________________
"Este caminho... Ninguém o percorre, Salvo o crepúsculo.
De que árvore florida chega? Não sei.
Mas é seu perfume..."


avatar
Niele
Lich King
Lich King

Feminino Número de Mensagens : 644
Idade : 27
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3981
Data de inscrição : 28/11/2007

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/fabiane_3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Fabricix em Qua 16 Jun 2010, 23:50

[Mansao hakufu]

- Hai Yume sensei... Vovo, eu volto logo!

Acenando para seu avo, Narume vai ao lado de Yume degustando outro pedaco daquele delicioso chocolate. Em seguida parece ficar em um dilema, pois fica pensativa olhando para o resto do doce e depois de quase 5 minutos, ela decide pegar um ultimo pedaco e guardar o restante para depois da refeicao. Se dirige a Yume em voz baixa para que os colegas nao ouvissem.

- Entao Yume sensei... Ainda bem que chegou rapido, eu estava totalmente perdida. Nao sabia o que fazer... Na hora ate achei que iam se matar. Agora pensando bem, eu fui lenta demais... Devia ter feito algo, eu devia ter percebido que chegaria a esse ponto, ainda mais depois da conversa com o vovo... Ficou um clima tao desagradavel... Mas isso e passado certo?

Narume sorri ao final da frase, mas logo em seguida fica pensativa, olhando para frente enquanto andava.
avatar
Fabricix
Légolas
Légolas

Masculino Número de Mensagens : 465
Reputação : 10
Pontos de Usuário : 3918
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  brunolele em Qui 17 Jun 2010, 06:43

[Mansao Hakufu]

A exemplo de Iodachi, Kaito também se fecha e evita falar desnecessáriamente, apenas acentido positivamente as determinações de Yume.

Kaito não está tão ferido à ponto de necessitar cura médica, portanto se torna esquivo a uma possível investida neste sentido, proporcionada por Narume.

O ninja parte ao lado de Yume.
avatar
brunolele
Sauron
Sauron

Masculino Número de Mensagens : 886
Idade : 31
Localização : Porto Alegre
Reputação : 2
Pontos de Usuário : 4213
Data de inscrição : 24/11/2007

Ver perfil do usuário http://brunoaugusto.multiply.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Niele em Qui 17 Jun 2010, 14:34

[Pensão Hiranomi]

- Entao Yume sensei... Ainda bem que chegou rapido, eu estava totalmente perdida. Nao sabia o que fazer... Na hora ate achei que iam se matar. Agora pensando bem, eu fui lenta demais... Devia ter feito algo, eu devia ter percebido que chegaria a esse ponto, ainda mais depois da conversa com o vovo... Ficou um clima tao desagradavel... Mas isso e passado certo?

- Esperamos que sim, Narume.

Passado um tempo Yume para em frente a um pequeno prédio com três andares. A frente dele uma placa: "Pensão Hiranomi." Os três acham curioso, pois não é comum um Hyuuga viver fora do bairro do clã. Os boatos já haviam se espalhado e eles sabiam que Yume agora fazia parte da família secundária, mas até então ela havia mantido discreto o lugar em que vivia.

Eles entram na pensão, o lugar é amplo e aconchegante. Logo na entrada já se percebe uma sala com sofás e uma mesinha de centro. Um cheiro bom de bolo invade o lugar e logo uma senhora baixinha chega na sala, com um olhar doce e sorriso gentil.

- Oh, olá Yume-chan! - Ela para e então percebe os outros três, olhando-os com o mesmo sorriso. - Então este é o seu time, prazer em conhecê-los. Acabei de fazer um bolo de nozes, estão servidos?

[b]- Hm...er... s-sim.
- Iodachi desfaz o carranco perante a gentileza da velha. Era difícil negar algo dela, oferencendo assim de tão bom grado.

- Pode nos levar lá encima, Hiranomi-baa-sama? - Yume fala. Talvez aquela fosse uma das únicas pessoas que Yume não se incomodava que a chamasse de Yume-chan.

- Claro, claro. - Ela se anima e volta para o que deve ser a cozinha da pensão.

Yume vai em direção as escadas e começa a subir, parando no último andar e abrindo uma das portas. O apartamento não é grande, mas a salinha possui espaço suficiente para um sofá, uma mesa com 4 cadeiras, uma TV e alguns livros em uma estante. Yume senta-se em uma das cadeiras da mesa.

- Então, quem quer me contar o que aconteceu? - Yume fala com uma voz tranquila, sentada de forma folgada na cadeira. Ela empurra uma das cadeiras, indicando para que se sentassem.

_________________
"Este caminho... Ninguém o percorre, Salvo o crepúsculo.
De que árvore florida chega? Não sei.
Mas é seu perfume..."


avatar
Niele
Lich King
Lich King

Feminino Número de Mensagens : 644
Idade : 27
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3981
Data de inscrição : 28/11/2007

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/fabiane_3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Fabricix em Sex 18 Jun 2010, 00:47

[Pensão Hiranomi]

Narume acaba ficando pensativa e calada durante o trajeto. Sorri para a gentil senhora e a cumprimenta, afirmando que estaria ansiosa pelo bolo de nozes e segue Yume para o quarto dela. Quando a Jounnin pergunta sobre o acontecido, Narume e a primeira a se manifestar, depois de se sentar em uma das cadeiras.

- Yume sensei, tentarei ser breve. Nos fomos ate minha casa para perguntar ao meu avo se ele conhecia alguma coisa sobre... er... Um assunto familiar de Kaito kun. Ate chegou a dar algumas informacoes, mas nao avancamos muito na nossa pesquisa... Kaito kun nao quis perguntar nada mais, imagino que pela descrenca e impaciencia do meu avo pelo assunto e saimos todos. Quando estavamos fora de casa, Iodachi questionou o quanto Kaito tinha nos contado e o quanto estava escondendo, ja que o que ele perguntou a meu avo nao era exatamente o mesmo que tinha nos falado. kaito respondeu que tinha apenas se confundido e que nao precisava da ajuda dele se era para ficar desconfiando dele. Logo comecaram a discutir e eu tentei amenizar as coisas... Mas como ficou obvio nao adiantou muito... Quiseram resolver brigando. O resto acredito que ja saiba Yume Sensei.

Narume olha para os colegas, esperando alguma eventual correcao ou adendo deles. Logo acrescenta:

- Sobre o assunto que fomos pesquisar com meu avo... Acho que e melhor kaito kun contar, afinal e a familia dele que esta no cerne da discussao.

Olha para kaito, esperando que ele fale alguma coisa.
avatar
Fabricix
Légolas
Légolas

Masculino Número de Mensagens : 465
Reputação : 10
Pontos de Usuário : 3918
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  brunolele em Sex 18 Jun 2010, 03:58

[Pensão Hiranomi]

Kaito olha para a insurgência de Narume, e escuta toda a sua história e depois dispara:

- Acontece que eu não pedia a ajuda de ninguém, apenas vocês me ofereceram e eu achei que seria melhor pra todos aceitar... *Kaito fala como quem respondesse apenas para Kaito e Narume, pois não explana realmente o assunto principal* ...foi uma tremenda tolice os questionamentos de Iodachi, você sabe disso não é mesmo Narume?

Kaito olha para seu "ex-melhor amigo" e responde:

- Não tenho mais nada para conversar com você Iodachi... ...ou melhor, sombra de Kakashi, antes de querer ajudar alguém por que você não começa ajudando a si mesmo? Quem sabe vai usar roupas descentes, ao invés de se vestir igual ao Kakashi? Quer ser apenas um bushin irmão mais velho? Você não é nada mais do que a sombra de alguém importante... ...você não é você mesmo, é o desejo frustrado de ser alguém melhor, que você não é! Lembra-se que sei irmão só é alguma coisa na vida por que ele possui algo muito valioso, algo que você não tem, e esse algo eu tenho dois! Você não tem personalidade própria, é desequilibrado e ainda sim que ajudar os outros... ..se toca! Não sabe que com isso só vai acabar atrapalhando!

Kaito se dirige agora a Yume, questionando:

- Iremos treinar hoje novamente Yume? Se não gostaria de ir para minha casa...
avatar
brunolele
Sauron
Sauron

Masculino Número de Mensagens : 886
Idade : 31
Localização : Porto Alegre
Reputação : 2
Pontos de Usuário : 4213
Data de inscrição : 24/11/2007

Ver perfil do usuário http://brunoaugusto.multiply.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Fabricix em Sex 18 Jun 2010, 19:58

[Pensão Hiranomi]

Narume ouve as palavras de Kaito, com a expressao de incompreensao... Como se ele falasse um lingua estrangeira para ela. Mal ele termina e a Kunoichi se ve obrigada a falar.

- Espere um pouco... Kaito, Voce esta dizendo que VOCE achou melhor que nos ajudassemos? Devo entender que voce nunca quis nossa ajuda, que deve fazer tudo sozinho? Entao porque nao deixou claro isso antes? Nao sei o que esta pensando, mas eu queria sinceramente te ajudar... Primeiro que acredito que e o minimo que um colega de time deve fazer... E depois, porque... Bom, eu nao posso saber como se sente, porem eu sei como me sentiria se fosse os meus familiares que.,. Bem, voce sabe... Nao entrarei em detalhes.

Desvia o olhar para Iodachi por um momento e volta a falar para kaito.

- Tem ideia do que acabou de dizer para o Iodachi? Isso nao e correto kaito, nao para mim! Jogar coisas assim, na cara de alguem... Nao e legal Kaito! Ainda mais de voce... Sim Kaito, se tu da aquelas razoes para que iodachi nao seja util ao time, voce menos ainda! Equanto estiver com esse seu problema pessoal tapando a sua visao, voce nao sera util para time algum! Quer fazer tudo sozinho? Otimo! tentei ajuda-lo, me colocar a disposicao pelo bem do time e do seu... Mas como isso nao parece possivel, sugiro que peca licenca para faze-lo por conta... porque nao quero outro Uchiha Sasuke no meu time, nos abandonando quando mais precisarmos dele!

Narume novamente chorava, mas as lagrimas vertiam por um rosto neste momento tomado pela mesma decepcao de antes e so agora percebia que se levantara e fixava seu olhar em kaito. Sentava-se novamente e secava as lagrimas com um lenco de seu bolso.

- desculpem... Acho que me excedi de novo...

Narume olhava para a mesa, esperando mais tempestades.
avatar
Fabricix
Légolas
Légolas

Masculino Número de Mensagens : 465
Reputação : 10
Pontos de Usuário : 3918
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  brunolele em Sex 18 Jun 2010, 21:29

[Pensão Hiranomi]

Narume escreveu:- Espere um pouco... Kaito, Voce esta dizendo que VOCE achou melhor que nos ajudassemos? Devo entender que voce nunca quis nossa ajuda, que deve fazer tudo sozinho? Entao porque nao deixou claro isso antes? Nao sei o que esta pensando, mas eu queria sinceramente te ajudar... Primeiro que acredito que e o mínimo que um colega de time deve fazer... E depois, por que... Bom, eu nao posso saber como se sente, porem eu sei como me sentiria se fosse os meus familiares que.,. Bem, voce sabe... Nao entrarei em detalhes.

Kaito prontamente responde, debatendo com a colega:

- Nada disso, eu não disse isso, eu disse apenas que uma pessoa que não "se ajuda" não pode ajudar ninguém. Em nenhum momento eu recusei a ajuda de vocês, muito pelo contrário, agradeci a ela, agora vem você e o Iodachi jogar na minha cara toda hora que "estão me ajudando", bem, se é isso eu dispenso.

Narume escreveu:- Tem idéia do que acabou de dizer para o Iodachi? Isso nao e correto Kaito, nao para mim! Jogar coisas assim, na cara de alguém... Nao e legal Kaito! Ainda mais de voce... Sim Kaito, se tu da aquelas razoes para que Iodachi nao seja útil ao time, voce menos ainda! Enquanto estiver com esse seu problema pessoal tapando a sua visão, voce nao será útil para time algum! Quer fazer tudo sozinho? Ótimo! Tentei ajudá-lo, me colocar a disposição pelo bem do time e do seu... Mas como isso nao parece possível, sugiro que peca licença para fazê-lo por conta... porque nao quero outro Uchiha Sasuke no meu time, nos abandonando quando mais precisarmos dele!

- E você tem idéia no que está se metendo? Eu falei aquilo tudo pro Iodachi, e não é nada além do que ele mereceu. Agora não vem você que não entende nada de Time querer de uma hora para outra ocupar o lugar da Jura! Já percebi que com você é "lágrimas para um lado e lágrimas para outro", se não agüenta a pressão Narume, entregua a tua bandana agora para Yume e deixe que ela trate dos papéis da tua dispensa, konoha não precisa de shinobis chorões. Agora se você acha que consegue ser um pouco mais forte que uma boneca de pano eu sugiro que entenda melhor o que os outros falam... ...estou profundamente irritado com a atitude de vocês. tudo estava transcorrendo normalmente até o Iodachi resolver brigar, e você agora resolver bancar a santa. Acorda!

Depois do desabafo uma lágrima furtiva corre no rosto de Kaito, afinal as emoções estavam à flor da pele, palavras que nunca deveriam ser ditas são jogadas pelo ar, e isto terá uma avassaladora conseqüência. Kaito está na verdade pensando em Jura e em Enzou, em como solucionar este mistério, e em sair correndo para algum lugar bem longe e ficar sozinho.

Parece que somente ele sente falta dos dois ninjas na vila, fazem pouco mais de 30 dias do enterro de Jura e ninguém mais falou nela na cidade, como se ela tivesse simplesmente evaporado - e isto o deixava muito mal - e Enzou então, foi muito duro para Kaito perder o pai pela segunda vez! E pior, tendo acabado de descobrir quem era seu verdadeiro pai! Kaito estava guardando muita coisa ruim dentro dele, e este desabafo agora talvez tenha sido uma válvula de escape.
avatar
brunolele
Sauron
Sauron

Masculino Número de Mensagens : 886
Idade : 31
Localização : Porto Alegre
Reputação : 2
Pontos de Usuário : 4213
Data de inscrição : 24/11/2007

Ver perfil do usuário http://brunoaugusto.multiply.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Fabricix em Sab 19 Jun 2010, 02:22

[Pensão Hiranomi]

Narume ergue os olhos para responder a tempo de ver a lagrima de kaito correr pelo rosto... A chunnin suspira longamente e fica com o semblante mais serio, embora passe uma certa serenidade.

- Kaito... Tem razao em algumas coisas. A primeira e que talvez eu nao seja forte o bastante para aguentar a pressao, mas eu tenho me esforcado para fortalecer, um pouco de cada vez. A segunda... Bem, eu nao sou a Jura... Na verdade mal sei sobre ela... Sei que ela fazia parte deste time e estou aqui para susbstitui-la... Mas nao quero ficar no lugar dela entende? Sei que ela e insubstituivel para voce e para Iodachi.

Uma pausa para olhar para todos e prosseguir.

- Todos precisamos acordar kaito. Nao retiro o que disse... Voce precisa resolver essa questao pessoal logo, com ou sem ajuda. Eu acho que isso ta te corroendo por dentro... E talvez nao seja apenas isso... Bom, nao importa. Cada vez que eu falo, pioro as coisas... Entao vou ficar quieta. Faca o que julgar melhor Kaito.

Narume se encosta na cadeira e fica olhando para o teto, aparentemente absorta em pensamentos.
avatar
Fabricix
Légolas
Légolas

Masculino Número de Mensagens : 465
Reputação : 10
Pontos de Usuário : 3918
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Niele em Sab 19 Jun 2010, 21:02

[Pensão Hiranomi]

Iodachi é tomado por um soco quando Kaito fala todas aquelas coisas, sobre ser uma sombra de Kakashi. Era verdade que se espelhava muito em seu irmão, mas ouvir aquelas coisas era como se alguém estivesse esmagando seu peito. Ele arregala os olhos mas antes mesmo que pudesse falar, Narume já havia começado a falar também. Quando por fim acha uma brecha, se pronuncia. Ele levanta-se da cadeira, dando um tapa na mesa.

- KAITO! PRA QUE SERVEM ESSES OLHOS TÃO PRECIOSOS SE VOCÊ ESTÁ CEGO??? VOCÊ NÃO VÊ QUE TUDO ISSO FOI PORQUE EU NÃO QUERIA PERDER O MEU MELHOR AMIGO??? - *Os olhos de Iodachi se enchem de água, mas ele limpa antes que qualquer lágrima caia.* - Nós já perdemos Enzou, já perdemos Jura, eu não quero perder você também! A cada dia eu vejo em você atitudes tão parecidas com as daquele Sasuke! Sempre querendo estar sozinho, fazer sozinho, quando deveria se apoiar nas pessoas que gostam de você! Como se os outros fossem todos inferiores e sofressem menos que você! Você parece que só enxerga um ponto a frente e o resto em volta não consegue ver! Eu temo que algum dia apareça um desses caras da Akatsuki, ou até mesmo Orochimaru, prometendo coisas a você, e você vá embora.

Iodachi se joga na cadeira novamente, como quem tivesse acabado de largar um enorme peso. Yume assiste a tudo aquilo pensativa.

- É esse tipo de atitude que me preocupa. E sobre meu irmão e o meu jeito... Talvez você esteja certo. Você teve anos para me dizer isso e muito provavelmente eu teria lhe ouvido. Narume está certa, todos nós temos que acordar.

Nesse momento alguém bate na porta, Yume levanta-se e abre apenas uma fresta. Todos ouvem a voz da Senhora Hiranomi, que entrega um prato com fatias de um bolo cheiroso para Yume. Yume agradece e fecha a porta novamente. Ela deposita o prato encima da mesa, permanecendo em pé e olhando para cada um dos três.

- Bom, pelo pouco que pude perceber, todos aqui disseram algo certo. O que falta é que se ouçam. Aprender a ouvir é um grande desafio. Eu vou dizer algumas coisas agora, peço que vocês três ouçam com atenção, por mais que não concordem, tentem pensar sobre isso.

- Kaito, é muito visível o quanto você está sofrendo por Enzou e Jura. Você não deve saber, mas Enzou era como um irmão para mim. Fomos colegas de time por anos... Eu conheço muito bem aquele homem e o que aconteceu também foi doloroso para mim, também foi doloroso para Iodachi, foi doloroso para muita gente. Eu vou lhe dizer uma coisa, se Enzou estiver vivo, nós VAMOS atrás dele, eu não irei cansar até ter certeza.

- Mas de que adianta nós sairmos de Konoha assim, um frangalho de time que estamos? Nós estamos um time de bosta! Todos são fortes, mas quando o assunto é time, somos fracos, medíocres. Fomos abalados por problemas, perdas terríveis... Mas eu terei de dizer a vocês algo muito duro de se ouvir... Isso faz parte da vida de um ninja. Todos esses obstáculos que vocês estão passando e inclusive as mortes, a maioria dos ninjas passaram e irão passar. Nós somos ninjas, somos combatentes, nós trabalhamos com a morte. É permitido sofrer, é permitido chorar, mas há algo que devemos sempre nos esforçar para manter: A união. É assim em Konoha e é isso que nos faz uma das Vilas mais fortes que existe. E ao invés de perdermos a cabeça quando perdemos um companheiro, deveríamos honrar sua morte e continuar com o trabalho que estavam fazendo. É isso que eles iriam querer de nós.

- Além de perder Enzou e vários amigos ao longo da minha vida, perdi uma irmã que, apesar de ser uma tola, era minha irmã. Parte da culpa é minha e eu sou lembrada disso todo dia, quando me olho no espelho. Minha família virou as costas para mim, por um erro deles, a dias ninguém sequer fala comigo, apenas me observam para ver se não vou me rebelar... Se olhar por esse lado, eu também estou sozinha. Mas eu tenho Konoha, tenho vocês. E o mais importante no momento, temos inimigos. Inimigos poderosos que estão lá fora, prontos para desmembrar mais times ou dizimar a Vila inteira. Eu não sou Enzou, Narume não é Jura, mas nós duas estamos aqui para honrar suas posições e continuar seu trabalho.

- Vão continuar com isso ou irão se ouvir? No fundo sabem que os três estão certos em suas questões e, ao invés de se fortalecer com isso, ouvindo uns aos outros, se enfraquecem. E eu pergunto, o que irão fazer agora, como um TIME?


Yume fala tudo isso sem deixar que ninguém a interrompa no processo. Apesar de imponente, há na sua voz certa gentileza. É muito claro para todos que Yume não diz nada da boca pra fora. Cada palavra vem de experiências próprias de anos de shinobi, de alguém que já passou pelo mesmo que eles provavelmente mais de uma vez. Todos ficam em silêncio por alguns momentos, absorvendo tudo que a sensei dissera, que não fora pouco.

- Não precisam me responder, apenas reflitam sobre isso. - Yume diz agora com a voz mais amena. Diabos, realmente se preocupava com aqueles moleques. - Um galho não serve de nada, mas vários galhos podem formar uma grande árvore. Podem ir pra casa... Kaito, não vou lhe obrigar a me dizer sobre sua busca, mas quando quiser estarei aqui e irei ajudá-lo. Amanhã iniciaremos um treinamento especial, quero todos no portão 32 da Floresta da Morte assim que o sol nascer. Descansem.

Yume senta-se novamente a mesa, pegando um pedaço de bolo.

- E se alguém quiser ficar e comer essa coisa deliciosa, também pode ser. - Yume sorri, mordendo um pedaço de bolo.

_________________
"Este caminho... Ninguém o percorre, Salvo o crepúsculo.
De que árvore florida chega? Não sei.
Mas é seu perfume..."


avatar
Niele
Lich King
Lich King

Feminino Número de Mensagens : 644
Idade : 27
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3981
Data de inscrição : 28/11/2007

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/fabiane_3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Fabricix em Dom 20 Jun 2010, 02:24

[Pensão Hiranomi]

Narume permanece olhando para o nada enquanto Iodachi faz o seu desabafo. Parece que isso era algo necessario, algo que deveria ter acontecido antes. Quando Yume pede atencao as suas palavras, Narume olha diretamente para a sensei enquanto ela fala. Algumas verdades sao dificeis, outras inevitaveis... E a chunnin e toda ouvidos para ela.

"Sim... Ainda nao somos um time para valer... Precisamos achar o nosso ponto em comum... Ficara realmente mais facil de suportar tudo entre amigos. Ouvindo ela, nossos problemas parecem ate irrelevantes perto dos de Yume sensei. Sim, o que faremos como time? Eu nao tenho essa resposta ainda... Espero ter logo."

Narume ouve sobre o treinamento especial e se volta para a mesa, na direcao do bolo.

- Certo Yume sensei... Estarei la. Eu ja irei para casa... Assim que eu provar esse bolo, que ta com uma cara otima!

Narume nao se faz de rogada e pega um pedaco de bolo, deliciando-se com o mesmo. Arrisca uma leve olhada para Kaito e Iodachi mas nada diz... Nao esta muito disposta a falar com eles depois de tudo que fora dito... Tinha a sensacao de que ja tiveram discissoes demais por um dia. Um tempo para ficar so com seus pensamentos parecia uma boa ideia... Por isso comia o bolo e seu olhar parecia distante, novamente absorta em pensamentos e reflexoes.
avatar
Fabricix
Légolas
Légolas

Masculino Número de Mensagens : 465
Reputação : 10
Pontos de Usuário : 3918
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  brunolele em Dom 20 Jun 2010, 18:29

[Pensão Hiranomi]

Kaito realmente externou seus sentimentos mais profundos em seu desabafo - o que lhe conforta é que o alvo de suas palavras fora Iodachi, um grande amigo, além de um shinobi forte e centrado. Ainda envergonhado pelos seus atos Kaito abaixa a cabeça, escutando atentamente a cada palavra de Yume.

Depois de escutar a todos Kaito fala:

- Iodachi-san, Narume-san, me desculpem por tudo. Sei que despejei coisas demais sobre seus ombros e ouvidos, peço que me perdoem por isso, e... *Kaito passa a olhar Yume nos olhos, ainda com o Sharingan ativado, consegue ver os nódulos de chakra de Yume, conseguindo em sua visão vermelha perceber o quão poderosa é sua nova sensei* ...perdoe-me por meu comportamento hoje, Yume-sensei. Vou lhe contar sim...

Kaito prepara-se para a história, ponderando agora suas palavras.

- Na missão da Vila da Estrela você se lembra que eu fui trancado naquela sala com Danzou, além dele apareceu Enzou-sensei, algumas coisas me foram reveladas por eles, e eu decidi não falar nada quando passamos o relato à Tsunade-sama, a primeira delas é que eles eram pai e filho.

Uma breve pausa, apenas para analisar as reações Yume.

- Descobri naquele momento, que eu estava tendo novamente uma reunião de família, mas que seria mais uma vez a última que eu teria. Danzou estava prestes a matar nosso Sensei, quando ele revelou-me dois segredos.

Olha mais uma vez, pensando com tristeza no resto da história.

- Foi nessa hora, que descobri que meu pai estava vivo, Enzou-sensei era também meu pai. Quando jovem ele e minha mãe tiveram um caso, do qual eu sou o resultado.

*Dessa vez uma pausa maior, ainda movido pelas emoções da memória. Mas retorna a falar antes que qualquer um dos dois pense sequer em interrompê-lo.*

- Você se lembra do Dragão que apareceu sobrevoando a cidade, e que eu disse que fora meu pai que invocara, sim, fora ele quem invocara, mas apenas para que eu tivesse conhecimento da existência de tal poder em minha família, de que aquela invocação, faz parte da tradição de minha família, e é por isso que logo ao retornar a Konoha eu visitei a minha antiga casa, sem descansar, sem ao menos comer algo, vim buscar o conhecimento, de o que devo fazer para ganhar a confiança de um Avatar, a representação de um Deus - Furion é um Deus para os Uchiha.

Kaito olha para os colegas, ambos possuem total conhecimento do que ele está falando - e das revelações que ele está fazendo.

- Iodachi, Narume e eu entramos no quarto de minha mãe, e de acordo com uma dica dada por Furion para mim, encontramos lá uma mensagem, deixada pela minha mãe para mim, aqui está ela.

Kaito apanha em seus pertencer um pedaço de pergaminho muito velho e literalmente em decomposição, ele o retira de uma pequena caixinha retangular, com muito cuidado, e entrega nas mãos de Yume, no pergaminho está escrito um texto de aproximadamente 30 linhas, porém poucas coisas estão nele estão legíveis, apenas:

Mensagem escreveu:"...Casa de Take... ...País da Terra... ...Santuário Uchiha... ...Manguekyou Sharingan... ...Deus do Fogo Furion... ...Respostas do Livro dos Reis... ...Manguekyou Sharingan...”

A história não acaba por aí, mas já falara bastante, espera que algum de seus colegas conte um pouco sobre a passagem na Fazenda dos Hakufu.
avatar
brunolele
Sauron
Sauron

Masculino Número de Mensagens : 886
Idade : 31
Localização : Porto Alegre
Reputação : 2
Pontos de Usuário : 4213
Data de inscrição : 24/11/2007

Ver perfil do usuário http://brunoaugusto.multiply.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Niele em Ter 22 Jun 2010, 05:19

[Pensão Hiranomi]

Kaito podia ver que Iodachi ainda estava chateado, mas após ouvir suas desculpas ele faz uma afirmação com a cabeça. Eram amigos, no fim das contas, precisaria de muito mais para abalar a amizade.

Yume fica surpresa, não achava que Kaito iria responder tão rapidamente. Ela o deixa falar e escuta com atenção, entre uma mordida e outra de bolo.

- Na missão da Vila da Estrela você se lembra que eu fui trancado naquela sala com Danzou, além dele apareceu Enzou-sensei, algumas coisas me foram reveladas por eles, e eu decidi não falar nada quando passamos o relato à Tsunade-sama, a primeira delas é que eles eram pai e filho.

- Pai e... - Esta era uma informação reveladora. Durante anos Enzou nunca comentara sobre isso. Yume fica realmente surpresa, deixando a frase se perder.

- Foi nessa hora, que descobri que meu pai estava vivo, Enzou-sensei era também meu pai. Quando jovem ele e minha mãe tiveram um caso, do qual eu sou o resultado.

Yume quase engasga com um pedaço de bolo, preferindo deixá-lo de lado até que Kaito terminasse de falar. Dava para entender por que aquilo abalara Kaito bem mais que as outras pessoas. Yume continua ouvindo enquanto ele fala sobre Furion, depois lê o pergaminho, ou a pequena quantidade de palavras que o tempo lhe permitia.

- Estou realmente suspresa com tudo isso. Creio que você fez bem eu não falar sobre isso na frente de todos, Kaito. São informações que nem todos devem saber. Mas o Livro dos Reis... Já ouvi falar, mas sempre como uma lenda, um mito...

Iodachi continua o relato.

- Foi o que o avô de Narume nos disse. Nós fomos até lá para fazer perguntas, como um ancião talvez ele soubesse mais informações. Mas ele não sabia muito mais, apenas agora temos certeza de que há um Santuário Uchiha no País da Terra, provavelmente próximo a Vila da Pedra. O Ancião Hakufu disse que lá foi o lugar onde o clã Uchiha nasceu e que lá poderíamos encontrar mais respostas.

Yume fica pensativa por algum tempo.

- Bem, o que realmente me intriga é a carta de sua mãe, Kaito. É difícil decifrar, olhando assim de primeira, se imagina que ela fala que o Livro dos Reis não é um mito. Que ele existe e que era protegido por seu clã. Não seria difícil imaginar o por que, já que o poder do sharingan consiste em copiar perfeitamente um jutsu assim que o vê. É possível encontrar uma ligação... Confesso que é difícil acreditar assim, pois como eu disse, todos consideram isso uma lenda. - Ela observa o pergaminho por mais algum tempo, por fim colocando-o na mesa. - Mas, se Tsunade-sama permitir, poderíamos ir até o País da Pedra, o que acham? Até por que, se o Livro realmente existe, não vamos querer que eles caiam em mãos erradas. - Ela sorri. - E sobre Furion... Bem, devo reconhecer que a grande maioria das invocações que vi, deram muito trabalho aos ninjas no início. Elas precisam de um motivo muito bom para querer lutar ao lado de um mortal. Geralmente, esse motivo tem a ver com a coragem, força e determinação do shinobi, e os motivos pelos quais ele luta. Já ouvi histórias de kuchyoses que demoraram anos para aceitar o shinobi que o invocou. Há também os mais gentis e prestativos, mas são raros. Afinal, se você fosse um ser tão poderoso e imortal, não daria seu poder de presente a qualquer ninja, ele precisaria mostrar seu valor, não concordam?

- Ao que me parece, sua mãe queria lhe revelar bem mais segredos do que apenas Furion, Kaito. Ela queria lhe dizer algo sobre o Maguenkyou Sharingan... - Yume faz uma pausa dramática. Tudo o que já ouviram falar sobre o maguenkyou, era relativo a um tal Uchiha Itachi, o ninja que havia dizimado todo o clã Uchiha e hoje fazia parte da tão temida Akatsuki. Até onde se sabe, ele é o único com a capacidade de dominar tal técnica, e que ela é devastadora.- Você deve cuidar dessa informação muito bem, Kaito... Mais alguma coisa que o Ancião Hakufu dissera?

_________________
"Este caminho... Ninguém o percorre, Salvo o crepúsculo.
De que árvore florida chega? Não sei.
Mas é seu perfume..."


avatar
Niele
Lich King
Lich King

Feminino Número de Mensagens : 644
Idade : 27
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3981
Data de inscrição : 28/11/2007

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/fabiane_3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Fabricix em Ter 22 Jun 2010, 10:44

[Pensão Hiranomi]

Narume come o bolo calmamente, ja que a maior parte das informacoes nao era uma novidade para ela, mas estava atenta. Ficou feliz por Kaito ter contado para Yume as suas aflicoes mais cedo do que podia imaginar. Termina seu pedaco de bolo ao mesmo tempo que Yume pergunta sobre seu avo. Ela mesma responde.

- Acredito que nao Yume Sensei. Na verdade a maior pista foi que o vovo confirmou a existencia de um santuario Uchiha nos arredores da vila da pedra. Lendas do livro dos reis e Eremitas a parte, Essa e a informacao mais interessante. O vovo deixou claro que nao acredita na existencia desse livro com todos os jutsus do mundo... E eu tambem acho que nao existe. Entretanto, pode ter alguma coisa para Kaito la, algo concreto... E eu nao consigo ver outra forma de descobrir... A nao ser investigando pessoalmente.

Narume se recosta na cadeira, olhando para Yume quando falava e esperando o desenrolar da conversa.
avatar
Fabricix
Légolas
Légolas

Masculino Número de Mensagens : 465
Reputação : 10
Pontos de Usuário : 3918
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Niele em Qua 23 Jun 2010, 11:37

[Pensão Hiranomi]

- De qualquer forma, é preciso a permissão da Hokage para sairmos nesta investigação. Posso agendar um horário com ela, para após o treinamento de amanhã. E para isso será preciso contar a ela a história, Kaito. Tsunade-sama é de confiança, é nossa Hokage, não há com o que se preocupar.

Yume fala, após isto voltando a comer. Iodachi levanta-se.

- Posso ir agora, Yume-sensei?

- Claro. Aconselho a descansarem bem, o treinamento de amanhã pode durar poucas horas... Ou pode durar o dia todo. Tenho que ir encontrar Kain agora. Portão 32, não esqueçam.

Yume levanta-se e todos entendem que é hora de sair. A sensei caminha até um pedaço com eles, mas despede-se entrando em outra rua em direção ao Centro de Inteligência. A tarde começa a chegar ao fim, o céu alaranjado pelo pôr-do-sol. Os três encontram-se nas Ruas de Konoha.

avatar
Niele
Lich King
Lich King

Feminino Número de Mensagens : 644
Idade : 27
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3981
Data de inscrição : 28/11/2007

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/fabiane_3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Fabricix em Qui 24 Jun 2010, 00:25

[Ruas de Konoha]

Narume observa Yume se afastar e olha o por do sol... Nossa! Ja era tarde assim? A chunnin nem viu o tempo passar com tudo o que houve. Olha para os dois rapazes e diz:

- Bom, eu pretendo seguir o conselho de Yume Sensei. Vou descansar e me preparar para amanha. Vou confessar que aquela pergunta me pegou... O que faremos agora, como time? Ate amanha eu espero ter uma resposta... Vejo voces pela manha. Bom descanso.

Com um leve sorriso e um aceno, Narume comeca a ir para casa... Pensando e comendo um pouco mais de chocolate.
avatar
Fabricix
Légolas
Légolas

Masculino Número de Mensagens : 465
Reputação : 10
Pontos de Usuário : 3918
Data de inscrição : 14/08/2008

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  brunolele em Ter 29 Jun 2010, 10:36

[Ruas de Konoha]

Kaito é o último a partir, aínda que evidentemente não tivesse algo conhecido como "verdadeiro lar", ele ruma a seu apartamento alugado.

"Hunff... ...tenho que pagar o aluguel..." Pensa Kaito melancólico.

Kaito está devras cansado e depois de um dia agitado como este precisa repor suas energias.
avatar
brunolele
Sauron
Sauron

Masculino Número de Mensagens : 886
Idade : 31
Localização : Porto Alegre
Reputação : 2
Pontos de Usuário : 4213
Data de inscrição : 24/11/2007

Ver perfil do usuário http://brunoaugusto.multiply.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Niele em Ter 06 Jul 2010, 11:09

[Ruas de Konoha]

Todos seguem para suas casas, pensativos sobre o dia que acabara de passar e preparando-se para o dia seguinte, o prometido treinamento.

Kaito e Iodachi lembram-se muito bem da Floresta da Morte, lugar onde enfrentaram diversos perigos no chunin chiken. Floresta traiçoeira, mas o que a tornava verdadeiramente perigosa eram os inimigos que enfrentaram pelos pergaminhos.

Narume, por sua vez, nunca entrou lá. O chunnin shiken é um desafio para times e Narume até então só havia seguido a vida ninja como solitária, estudando a medicina de sua família. A Floresta é um mistério para ela, mas ela sabe que é um lugar temido.

Todos preparam suas mochilas para o dia seguinte. Yume não especificou nada sobre o que poderiam ou não levar, mas logo ao anoitecer eles recebem um pequeno envelope de um entregador. Dentro dele há um bilhete:

"Não aconselho a comerem NADA amanhã quando acordarem. Venham de jejum para o treinamento, ou isso poderá lhes causar sérios problemas estomacais.

Yume-sensei"


Os ninjas indagam-se o por quê do aviso, mas continuam arrumando suas coisas e preparando-se para dormir.
avatar
Niele
Lich King
Lich King

Feminino Número de Mensagens : 644
Idade : 27
Localização : Porto Alegre
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 3981
Data de inscrição : 28/11/2007

Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com/fabiane_3

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Irume em Ter 06 Jul 2010, 17:20

[Mansão Hatake]

"Não aconselho a comerem NADA amanhã quando acordarem. Venham de jejum para o treinamento, ou isso poderá lhes causar sérios problemas estomacais.

Yume-sensei"


" Poxa não comer nada, mas que droga, com certeza há um bom motivo para isto melhor escutar o conselho."

* Iodachi arruma sua mochila para o treinamento, ele lembra bem dos desafios que já tivera naquela floresta, sente sim temor por já conhece-la, mas sente-se muito seguro, pois sabe de sua capacidade, embora nem desconfie do que acontecera, sente-se preparado para o que vier.*

* Enquanto segue arrumando sua mochila, passa por sua cabeça os ultimos acontecimentos em seu time.* "Maldito auto suficiente Kaito."

" Amanhã a sensei fara juizo a sua fama, embora eu acredite que goste de nós, tenho certeza de que nao nos poupara."

* Iodachi termina de arrumar suas coisas para o dia seguinte, e com tudo terminado, ele procura por seu irmão antes de ir tomar um banho e colocar uma roupa limpa para ir pra cama.*

" Gostaria de encontrar com Kakashi, conversar um pouco com meu irmão e pedir alguns conselhos."
[quote]
avatar
Irume
Golum
Golum

Número de Mensagens : 47
Reputação : 0
Pontos de Usuário : 2980
Data de inscrição : 01/01/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: País do Fogo - Vila Oculta da Folha

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 20 de 21 Anterior  1 ... 11 ... 19, 20, 21  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum